O Poder do não poder

Não é raro, diria até que é bem frequente nos dias conectados de hoje, casos relatando exemplos de superação da condição humana. Protagonizados por amputados, doentes terminais, feridos em algum desastre ou mesmo pessoas comuns expostas a situações extremas. Esses narram feitos que muitas vezes, nós, que quero crer na maioria gozamos de perfeita saúde e capacidade motora, não nos atreveríamos a sequer tentar, há muito poder no simples fato de não poder.

Em contrapartida, na outra face desta lua, digamos no lado iluminado, cheio de vida, braços e pernas, estamos nós! Sendo subjugados por uma força invisível e contraria a nossa vontade, para simplificar posso chama-la de “o não poder por tudo poder”. E de onde vem isso? Por que esse fantasma caminha ao nosso lado dizendo: – Desista, você não chegara. Existe um peso muito grande na simples possibilidade de ser apto a se fazer algo: Você não pode fracassar! Apenas esse medo já seria o suficiente para fazer muito apto e sequer tentar e ainda temos outros.

Os ditos aptos podem simplesmente não ter motivação para executar determinada atividade, por exemplo, haja visto que acreditam ser totalmente capazes de realiza-la. Muitas pessoas são movidas por desafios e quando esses não existem, nada mais importa. Fazer por quê? Sei que consigo. Apesar do abismo que existe entre o achar que consegue fazer e o fazer de fato. Pode ser apenas o clássico medo do novo, o sair da zona de conforto. Enfim, a lista de medos pode ser bem extensa se detalhada.

Contudo o mais importante de todos ainda é o medo de falhar, justamente o combustível dos nossos exemplos de superação, só que no lado da lua deles significa: eu não tenho nada a perder. O fracasso não os limita, “não poder” os impulsiona. O que para muitos de nós é trivial, para eles pode ser a conquista de uma vida, universos diferentes, pesos e medidas diferentes. E se o fracasso vier, como vem inúmeras vezes, terá servido como uma valiosa lição que será usada na próxima tentativa, porque certamente haverá uma próxima.

O importante de tudo isso, é que podemos ter toda força que tanto admiramos ver nos outros, basta aceitar que o temido fracasso é apenas a pratica que te levara ao sonhado sucesso. Não há garantias que indivíduos com os mesmos recursos sejam aptos a realizarem as mesmas atividades, não somos todos iguais. Nossas aptidões tornarão certas tarefas mais fáceis, outras extremamente difíceis, mas só não conseguiremos fazer aquilo que desistirmos de fazer. Há muito poder no não poder.

Então vamos tentar mais uma vez? Ou quem sabe a primeira vez?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s