As Carroças de Friedrich

Joseph era um jovem alemão que nasceu com um dom, assim como cada um de nós. No seu caso manipulava madeira como ninguém, praticamente a esculpia com as mãos. A necessidade do inicio do século o conduziu para a fabricação de carroças, atividade que se mostrava rentável e que foi abraçada como oficio pelo rapaz no inicio da sua fase adulta.

Seu belo trabalho repercutia e cada carroça concluída parecia gritar pelo caminho o nome do seu criador, e novos compradores surgiam. Os negócios iam muito bem.

Friedrich era um dos moradores da colônia, talvez por não ter prestado atenção chegou a fase adulta sem descobrir sua vocação, uma profissão que lhe desse algum prazer. Contudo vendo o sucesso de Joseph arriscou-se construindo sua primeira carroça. Depois de construída, mal andava e uma roda soltou-se do eixo na tentativa do primeiro passeio. Não é necessário dizer que Friedrich passou o resto da semana mancando após ter chutado sua carroça sem um das rodas.

Mesmo tendo rolado de cima da carroça quando essa quebrou, e de tanto rir vendo o irmão furioso chutando-a, Werner o irmão caçula de Friedrich, naquele momento decidiu ajuda-lo de alguma maneira. Mais alguns dias de trabalho fizeram a carroça andar sem deixar suas rodas pelo caminho. Não era uma das carroças de Joseph, mas andava e parecia cumprir o seu papel. Seu construtor, porém, não conseguia vende-la, deixou inacabada a segunda e saiu em busca de uma nova alternativa de trabalho. Ambos os construtores de carroças já trabalhavam com margens muito pequenas de lucro, então reduzir o valor da carroça não era opção, pois significaria trabalhar de graça.

Werner estava em casa matutando como ajudar o irmão, quando viu alguém retornando da casa de Joseph a pé. Questionado sobre o aparente desanimo o homem respondeu que haviam muitas encomendas e que ele só seria atendido no próximo mês. Naquele momento Werner descobriu qual a sua vocação nesse mundo: “Mas hoje é o seu dia de sorte e senhor não precisará esperar…”. Mais algumas frases de efeito, transformaram a desengonçada carroça de Friedrich em uma das maravilhas da humanidade e essa saiu sacolejando com seu feliz comprador pelas ruas enquanto Werner, ainda em choque, conferia as moedas.

No final daquele dia enquanto amontoavam o dinheiro pela milésima vez, os irmãos concluíram que as carroças de Friedrich poderiam competir com as de Joseph naquele cenário: ausência de produto do concorrente e propaganda de Werner. Naquele momento era o suficiente.

E assim o tempo foi passando, com as vendas de Friedrich melhorando quando Joseph não conseguia atender os tantos pedidos, até que Werner adoeceu. Nesse período da doença não houve vendas. Ficou claro que sem a propaganda eles não seriam nada e mostrou que não podiam depender apenas de Werner para isso. Tão logo teve a saúde restabelecida Werner contratou e treinou um ajudante. Com dois trabalhando na divulgação, independente de Joseph ter ou não carroças, Friedrich vendia igual, com mais propaganda os produtos se igualaram no mercado, levando em consideração as vendas, nunca a qualidade.

Não demorou até que isso fosse notado e novos ajudantes para Werner fossem contratados, assim como não demorou para que Joseph não fosse mais procurado. Esse acabou como ajudante de Friedrich, construindo carroças de alto padrão. Vendidas pelo dobro do preço, já que não havia mais concorrência.

O tempo transformou Friedrich no maior construtor de carroças de toda a região, seu nome é usado em diversas ruas e há um busto seu no centro praça. Joseph ninguém além dos parentes sequer sabe quem é, está velho, pobre e ainda trabalha com madeira por amar muito o que faz. Está construindo uma última carroça, tão boa quanto todas as demais.  Seu maior medo é de morrer e não concluir o trabalho.

Friedrich está na sua mansão dando uma entrevista nesse momento, aponta orgulhoso para uma roda de carroça envernizada pendurada na parede, dizendo que foi da primeira carroça que teve orgulho em construir. Orgulho deve ser sinônimo de ódio, ou de pé latejando no falso mundo da propaganda…

Anúncios

2 thoughts on “As Carroças de Friedrich

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s