É lá

image

É lá

O amor está aonde ele deve estar

No pingo d’agua ou exuberante cascata
Na estrela ou galáxia
No correto e preciso
No incoerente improviso

O amor está aonde ele deve estar

Ao alcance dos olhos
Ou além do horizonte
Na porta ao lado
Ou refletido no espelho, contido, calado

O amor está aonde ele deve estar

Forte, Livre e alado
Ou Morrendo acorrentado
No tubarão de um tanque
Ou no oceano gigante

O amor está aonde ele deve estar

No andar de um sorriso
Sincero, exclusivo
Nos minutos presentes
Ou nos meses ausentes

O amor está aonde ele deve estar

No suor do exercício
Ou da febre insistente
No choro do inocente
Ou na mão que o embala

O amor está aonde ele deve estar

No loucamente correto
No santo ou profano
Na estrada da vida
Ou em um dos desvios

O amor está aonde ele deve estar

Na alegria das cores
No preto e branco das dores
No perfume das flores
Ou no enxofre do vulcão

O amor está aonde ele deve estar

No grito da nova vida
Ou no suspiro derradeiro
No completo e duradouro
Ou no momento passageiro

O amor esta aonde ele deve estar

Em algumas estrofes
No sul ou no norte
Há quem realmente se importe
Há quem apenas deixe passar

Mas o amor está aonde deve estar
E é lá que terás que ir para buscar

Anúncios